Cursos online no brasil: Um caminho para além da pandemia

22/06/2022

Na pandemia, a oferta e a procura por cursos online cresceram consideravelmente, contemplando temáticas diversas, tanto voltadas para a formação pessoal, como cursos de música ou línguas, quanto para a formação profissional. Essa tendência transcende uma necessidade específica, gerada pelo distanciamento social: as possibilidades reveladas pelo ensino remoto abriram portas que não mais podem ser fechadas.

Um caminho pavimentado

Embora a educação, assim como outras áreas, tenha sido compelida a adotar o sistema online como única forma viável e segura de manter suas atividades durante a pandemia do Covid-19, esse formato de ensino, realizado a distância e no tempo do aluno, já estava em crescimento mesmo antes de 2020. De acordo com o censo promovido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as matrículas em cursos superiores a distância aumentaram 378,9% entre 2009 e 2019, indicando a consolidação dessa modalidade no país.

Naturalmente, esse índice demonstrou evolução ainda mais acentuada no cenário pandêmico. O estudo lançado pela Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED) revelou aumento de até 50% no número de matrículas no ensino a distância em 2021. Apesar de fortemente impactados pelo cenário de afastamento social, a tendência é que esses números sigam apresentando robustez nos próximos anos, dado que a educação online tem se mostrado, cada vez mais, uma área de negócios bastante promissora, como aponta reportagem da Revista Exame Invest (2021).

 

Um caminho a ser percorrido

O Censo EAD realizado pela ABED revela tendência recente de crescimento de negócios, fortemente influenciada, segundo a publicação, pelo Decreto 9.057, de 25 de maio de 2017, que flexibilizou o cenário de oferta da Educação a Distância no Ensino Superior. Os resultados do estudo constatam, como consequência, a diversificação de empresas ofertantes, de localidades e de prestação de serviços entre 2014 e 2019. Na visão de Jair Santos Jr., conselheiro da ABED, “há espaço para novos negócios, com uma mão do Estado ainda favorável, mas os novos negócios deverão considerar que encontrarão um público consumidor muito mais crítico e experimentado do que se poderia prever” (ABED, 2021, p. 39).

Tendo em vista esse panorama, deve-se levar em consideração o acesso crescente dos brasileiros à internet. Levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que 82,7% dos domicílios nacionais tinham acesso à internet em 2019, um aumento de 3,6 pontos percentuais em relação a 2018. Esses dados são impulsionados especialmente pela maior facilidade de aquisição de telefones celulares, que constituem a principal ferramenta de acesso à rede no Brasil. Betina von Staa, coordenadora do Censo EAD.BR da ABED, revela que, cientes da democratização dos celulares, as instituições de ensino passaram a oferecer Ambientes Virtuais de Aprendizagem totalmente responsivos a esses aparelhos, ampliando o leque de potenciais alunos.

 

Um caminho para o futuro

Nesse cenário repleto de possibilidades, a Educação a Distância também amplia seu espaço no ambiente corporativo, por meio de cursos online com soluções em diferentes áreas empresariais, como idiomas, saúde mental e segurança no trabalho, comunicação corporativa, entre outros. O SESI/RS tem trilhado o seu caminho na oferta de cursos online, levando formações pessoais e profissionais tanto para os trabalhadores da indústria quanto para o público em geral. Para isso, temos aprimorado a qualidade de nossas produções, desenvolvendo materiais voltados especificamente para o ambiente digital, que exploram o uso de mídias diversas na construção de experiências verdadeiramente transformadoras.

Em nosso site, https://educacaocontinuada.sesirs.org.br/, você conhece nossas ofertas e escolhe o próximo caminho para o seu futuro.

One comment on “Cursos online no brasil: Um caminho para além da pandemia”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Educação tá on!
© Todos os direitos reservados.